Atletas Moçambicanos Despedem-se e Inauguram Mural Olímpico

Os atletas que representarão Moçambique nos Jogos Olímpicos de Paris, na França, despediram-se dos moçambicanos hoje, durante uma cerimônia realizada na Embaixada da França em Maputo. O evento também marcou a inauguração do mural das Olimpíadas deste ano.

Alcinda Panguana, Deisy Nhaquile e Jacira Ferreira, as três atletas confirmadas para a competição, participaram da cerimônia. Estas atletas qualificaram-se diretamente para os Jogos Olímpicos de Paris, que ocorrerão em julho e agosto. Outros atletas, Tiago Muxanga, Steven Sabino, Matthew Lawrence e Denise Donelli, foram confirmados à última hora pelo convite da solidariedade olímpica, mas não puderam estar presentes.

A cerimônia, organizada pela Embaixada da França em coordenação com o Comité Olímpico de Moçambique e a Secretaria de Estado do Desporto, teve como objetivo principal garantir aos atletas o apoio necessário para a sua participação no evento.

Alcinda Panguana, que competirá na modalidade de boxe e já participou dos Jogos Olímpicos anteriormente, destacou a preparação intensa que está realizando. “A preparação está a ser muito forte e pesada, mas o objetivo é que tenha recompensa”, afirmou Panguana.

Deisy Nhaquile, que competirá na vela, expressou sua felicidade em representar Moçambique. “Estou feliz e a minha felicidade é inexplicável. Este momento simboliza a chegada de um grande momento para mim”, disse Nhaquile.

Jacira Ferreira também compartilhou seu entusiasmo e determinação. “É um misto de sentimentos por representar o país da melhor forma. O meu próximo objetivo é chegar ao pódio dos Jogos Olímpicos”, declarou Ferreira.

O chefe da missão, Francisco Mabjaia, explicou que a preparação dos atletas tem sido tranquila e que estão na fase final de preparação. “A preparação está a decorrer sem grandes sobressaltos. Esperamos que mais uma vez deem o seu melhor para prestigiar o país”, disse Mabjaia.

Aníbal Manave, presidente do Comité Olímpico de Moçambique, expressou seu orgulho pelos atletas e agradeceu à Embaixada da França pelo apoio contínuo. “Qualificar atletas exige muitos recursos e dedicação. A embaixada esteve ao nosso lado ao longo dos últimos quatro anos”, ressaltou Manave.

Gostou deste conteudo?

Partilhe !!!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email

Respostas

Mais Novidades

Mambinhas Enfrentam Guiné-Bissau na Terceira Jornada do Torneio de Futebol Sub-17 em Cascais

Black Bulls Enfrentam Ferroviário de Lichinga na Abertura da Última Jornada da Primeira Volta do Moçambola 2024

Mambinhas Dominam no Torneio Sub-17 de Cascais com Goleada de 8-0 sobre Guiné-Bissau

PARA QUEM PENSOU QUE ERA A BLACK BULLS A DONA DA “MÃOZINHA”, EIS A SURPRESA: CONSELHO DE DISCIPLINA ORDENA INVESTIGAÇÃO DE PROVÁVEL SUBORNO NO JOGO TEXTÁFRICA – BLACK BULLS

Shaquille Nangy Assina por Dois Anos pelo Sagrada Esperança

Black Bulls Enfrentará Alize Fort das Ilhas Comores nas Eliminatórias da Taça Nelson Mandela

inspirando mudanças

PONTAPÉ DE SAÍDA PARA O 1º TORNEIO DE FUTEBOL “UFFLP – CASCAIS 2024”

Victor Mayamba Assume Comando do Desportivo de Nacala

Ironia do Destino ou Acaso? Estreias de Treinadores Marcam o Derby da 8ª Jornada do Moçambola

INSPIRANDO MUDANÇAS | REINILDO MANDAVA | GENY CATAMO | BRUNO LANGA

INSPIRANDO MUDANÇAS – GABRIEL JÚNIOR

INSPIRANDO MUDANÇAS – GILBERTO MENDES

explore por categoria

Mambas
Moçambola
CAF
COSAFA
Actividades
comunidade
eventos

conectando moçambique

PARTE 1

PARTE 2