Matchedje pode “sentar mais cedo” e ser afastado do Moçambola 2023

0

(Segunda avança o lance) Com efeito, o Órgão de Primeira Instância notificou esta quinta-feira ao clube “militar” com o objectivo de “apurar a veracidade das factos” que tem sido noticiados pela Comunicação Social relativo à situação salarial da sua

Depois da reunião da OPI da FMF realizada no dia 15 de Agosto, está instância deliberar que o Matchedje de Maputo terá que “apresentar evidências das aludidas penas, sob pena de, não fazendo, presumirem-se verdadeiros os factos em alusão e o OPI acionar as devidas medidas sancionatória previstas no Regulamento de Licenciamento de Clubes da CAF 2022, em vigor no caso, a retirada da licença, concedida Lara participação nos jogos do Moçambola época 2022/2023”.

O facto é que o Matchedje tem uma dívida de sete meses de salários em atraso para com jogadores o que levou a que os atletas observassem uma greve que vigora desde a última segunda-feira, 14 de Agosto, manifestando a disponibilidade de voltar ao trabalho após o pagamento dos valores em

Loading